Home | BLOG
WhatsApp (11) 5853-4000 Espaço do Cliente Espaço do Cliente

Fluxo de caixa simples para o seu negócio Food Service

fluxo de caixa simples

A saúde financeira é um dos aspectos mais importantes do seu negócio. Quando as finanças não vão bem, a gestão pode acompanhar essa tendência. Por isso, todo empreendedor deve saber fazer um fluxo de caixa simples.

Em resumo, essa é uma ferramenta de gestão financeira que visa garantir que sempre haja o dinheiro necessário para a manutenção da empresa.

O fluxo de caixa controla tudo o que entra e sai do seu negócio. Ele registra pagamentos, vendas, compras, rendimentos e taxas.

Isso permite entender como está a saúde financeira. Além disso, possibilita uma tomada de decisões consciente.

Saiba mais a respeito no nosso artigo de hoje!

Qual é a importância do fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é feito com base nas movimentações financeiras da sua empresa. Ou seja, no dinheiro que entra e sai dela.

O fluxo de caixa é feito com base nas movimentações financeiras da sua empresa. Ou seja, no dinheiro que entra e sai dela.

Em alguns tipos de negócios, esse acompanhamento pode ser realizado semanalmente. Em outros, mensalmente. No seu restaurante, entretanto, precisa ser diário.

Isso porque, mesmo em dias em que você não faz nenhum pagamento, pode haver saída de dinheiro. Ela acontece, principalmente, por desperdícios. E é difícil mensurar o quanto vai acontecer hoje ou amanhã.

No entanto, ao acompanhar o fluxo de caixa diariamente, é possível fazer uma média desse valor. E, então, procurar soluções para esse problema.

Aliás, esse é um bom exemplo da importância dessa ferramenta. Com ela, você pode identificar padrões e tomar decisões de acordo com os resultados esperados.

Ter controle sobre o fluxo de caixa traz ainda mais possibilidades. É possível planejar investimentos, organizar suas prioridades e saber, de modo geral, como anda o crescimento do seu negócio.

Quando você tem um bom controle, a saúde financeira da sua empresa fica muito mais clara e permite decidir o que fazer com os seus lucros, sempre de forma estratégica.

Como criar um controle de fluxo de caixa simples para o seu negócio?

Fazer o controle diário do fluxo de caixa parece algo muito trabalhoso para quem começa. No início, isso pode até ser verdade. Afinal, você precisa anotar, e nem sempre estará ciente de todos os valores reais.

Entretanto, depois das primeiras semanas, essa tarefa se torna mais fácil. Você descobre quais são os custos fixos do seu negócio e consegue se manter atualizado.

Fazer um controle de fluxo de caixa simples não exige nada complicado para começar. Os dados de que você precisa são:

  • saldo inicial, que é o valor livre do caixa no começo do dia;
  • saldo recebido, como as vendas realizadas à vista;
  • saídas do caixa, como os pagamentos feitos no dia;
  • saldo operacional, que é calculado pela subtração entradas – saídas;
  • saldo final, que é a soma do saldo inicial com o operacional.

Com essas informações, você já está pronto para um controle de fluxo de caixa simples. É possível fazer isso de várias formas e, inclusive, experimentar antes de decidir o melhor para o seu negócio.

Muitos restaurantes ainda usam papel e caneta. No entanto, cada vez mais empresas aderem às soluções tecnológicas, como planilhas.

Atualmente, também é possível encontrar programas de gerenciamento e aplicativos de celular para cumprir essa tarefa. Alguns exemplos são GestãoClick, eComanda e TOTVS.

Confira, em seguida, algumas dicas gerais que são importantes na hora de fazer um fluxo de caixa simples.

Seja organizado

É impossível criar um bom fluxo de caixa sem organização.

Primeiro, porque ele se baseia em dados sólidos, e não em suposições. Então, você precisa ter essas informações em mãos.

Segundo porque, nas finanças, qualquer erro pequeno pode se tornar um contratempo enorme. Um número errado tende a significar problemas para pagar as contas no fim do mês.

Sendo assim, organize muito bem os valores de entrada e saída. Aproveite para anotar como eles foram utilizados.

Também anote a forma de pagamento ou recebimento. Cartões de crédito, por exemplo, podem ser descontados só um mês depois.

Crie uma rotina

Como vimos antes, um controle de fluxo de caixa simples em um restaurante deve ser diário.

Fica a seu critério quando ele será feito. Podemos dizer, no entanto, que é importante criar uma rotina que envolva essa tarefa.

Quando você faz isso, tem menos possibilidades de se esquecer. Além disso, se mantém mais atento ao que entra ou sai do caixa, de modo a evitar erros.

Fluxo de caixa simples

Preste atenção aos cheques e cartões

Toda forma de pagamento que não garante a transferência imediata do valor precisa de atenção redobrada.

Sempre confira a data de pagamento ou compensação de cartões e cheques. Mantenha esses dias anotados e descubra o que foi ou não computado.

Dessa maneira, você pode resolver problemas rapidamente e não conta com um dinheiro que, na verdade, ainda não tem.

Mantenha a ordem no controle de fluxo de caixa

Quando criamos um controle de fluxo de caixa simples, pode ser irresistível adicionar tudo o que sabemos. Porém, só deve ser adicionado aquilo que entrou ou saiu, e não o que vai entrar ou sair.

Ou seja, se você vai pagar o salário de um funcionário na próxima semana, não adicione o valor hoje. Da mesma forma, se vai receber um pagamento amanhã, anote apenas quando o tiver recebido.

Isso garante que os números permaneçam condizentes com a realidade. Somente assim você pode ter uma noção real e completa de como estão as finanças da sua empresa.

Manter as finanças em dia é um hábito importante na vida de qualquer empreendedor. No setor de Food Service, isso significa ficar de olho no fluxo de caixa diariamente. Portanto, não perca tempo e comece hoje mesmo!

Sabemos da importância de garantir uma boa saúde financeira para o seu restaurante ou a sua pizzaria. Por isso, compartilhamos vários artigos sobre o assunto aqui no nosso blog.

Você sabe o que é ponto de equilíbrio? Conheça mais essa importante ferramenta de gestão financeira!

COMPARTILHE ESSE POST:
TAGS RELACIONADAS: finanças,

    Motivo:

      Motivo: