Para você aprender e se manter informado
  • NOTÍCIAS

  • DICAS

  • RECEITAS

  • PARCERIAS

  • DESTAQUES

  • Blog MegaNews, Mega Dicas

    Inventário de estoque: como fazer em restaurantes e pizzarias

    segunda-feira, 9.11.20

    Entre as atividades administrativas desenvolvidas em um restaurante ou uma pizzaria, uma das mais importantes é o inventário de estoque. Isso porque os produtos estocados representam um dinheiro investido que está parado. Portanto, ter um controle rigoroso significa cuidar das finanças do negócio.

    Tudo deve ser devidamente registrado, para que se tenha um melhor controle dos insumos, bem como dos prazos de validade. Assim, é possível programar melhor as compras e garantir mais lucratividade ao seu restaurante ou à sua pizzaria.

    Vale lembrar que, nos estabelecimentos gastronômicos, as medidas de controle de estoque devem ser ainda mais rígidas. Afinal, o descontrole pode fazer com que se perca dinheiro por conta de produtos vencidos, além de causar problemas aos clientes por questões sanitárias.

    Saiba mais!

    Dicas práticas para fazer o inventário de estoque no seu restaurante ou na sua pizzaria

    Dada a importância do inventário de estoque para os restaurantes e as pizzarias, hoje vamos apresentar algumas dicas práticas.

    A ideia é que você possa executá-las de forma simples em seu estabelecimento e, dessa forma, otimizar esse trabalho. Acompanhe.

    Tenha um sistema para controle de estoque

    Contar com um sistema de gestão para fazer o controle de estoque é importante. Ao implementar esse tipo de programa, você poderá ter relatórios atualizados automaticamente toda vez que um item é retirado das prateleiras.

    Geralmente, o responsável pelo estoque é o chef de cozinha. Ele pode usar um tablet ou smartphone para dar baixa em todos os insumos retirados para preparar os pratos do dia. Dessa maneira, é possível ter um controle apropriado de todas as saídas.

    Da mesma forma, quando for dada a entrada de novos produtos, eles podem ser inseridos no programa, com a data de validade cadastrada para que se tenha sempre um controle por meio de dados digitalizados.

    Planilhas armazenadas na nuvem costumam guardar o histórico das edições, o que também ajuda na identificação de eventuais furos no estoque.

    Pratique o PEPS

    Na logística, existe uma técnica bastante conhecida chamada de PEPS, sigla para Primeiro que Entra, Primeiro que Sai. Ela pode ser usada em seu restaurante ou sua pizzaria para que o inventário de estoque seja otimizado.

    O método consiste em usar logo os itens que deram entrada primeiro no estoque. Assim, você evita que os produtos fiquem guardados por muito tempo e passem do prazo de validade antes de serem utilizados.

    Inclusive, os profissionais que guardam os produtos no estoque devem sempre ser orientados a colocarem os itens que estão ali há mais tempo na parte da frente das prateleiras.

    Isso dá agilidade ao trabalho dos chefs e dos auxiliares de cozinha, que não precisarão perder tempo olhando as datas de validade dos produtos.

    Inventário de estoque

    Classifique os produtos em grupos

    Em um restaurante, é comum que sejam utilizados insumos dos mais diversos tipos, sendo alguns mais frágeis ou perecíveis do que outros.

    Itens como os laticínios, por exemplo, podem ser perdidos facilmente, caso não se tenha o cuidado ideal com a manutenção da temperatura.

    Já outros, como a farinha, o arroz, o feijão e os legumes enlatados em conserva, além de não exigirem refrigeração, costumam durar bem mais tempo em estoque.

    Por isso, é importante dividir os alimentos, para que a manutenção seja feita mais facilmente.

    Para ter um inventário de estoque mais eficiente, uma boa prática é dividir os insumos em grupos. Em uma pizzaria, por exemplo, os queijos e recheios mais perecíveis podem fazer parte de um grupo, enquanto os ingredientes usados para a massa ficam em outro.

    As classificações também podem ser feitas de acordo com a durabilidade dos produtos, que pode ser curta, média ou longa. Dessa forma, fica mais fácil de organizar o estoque e definir os locais nos quais os insumos ficarão guardados, como prateleiras, gôndolas, geladeiras e freezers.

    É sempre útil deixar itens de uso mais frequente sempre à mão, agilizando o preparo no seu restaurante ou na sua pizzaria.

    Utilize uma ficha técnica

    Elaborada pelo chef de cozinha, a ficha técnica é um documento que reúne a quantidade exata de insumos necessários para o preparo de cada prato de um restaurante ou uma pizzaria. E ela auxilia muito no inventário de estoque!

    O ideal é que a ficha técnica seja precisa. No caso de um restaurante, por exemplo, o documento deve detalhar até mesmo quantos gramas de cada ingrediente, como carnes, temperos e outros itens, devem ser acrescentados em cada receita.

    Além de servir como molde para que os cozinheiros preparem os pratos de forma padrão, a ficha técnica serve para calcular melhor a demanda, o que facilita muito na hora de fazer o inventário de estoque.

    Faça contabilizações semanais

    Para identificar perdas, gargalos ou até mesmo fraudes, é importante que seja feita uma contabilização semanal dos insumos do estoque. A contagem deve ser feita pela pessoa responsável, que deve anotar quantos itens há de cada produto e elaborar um relatório.

    Esse documento deve ser comparado com o que está registrado no sistema, para que se saiba se há coerência entre eles. Caso ocorra alguma divergência, é preciso analisar o que está acontecendo. Novamente, a importância da digitalização dos materiais se mostra aqui, facilitando esses processos de auditoria.

    Fazer um inventário de estoque eficiente é uma atividade muito importante para o seu restaurante ou a sua pizzaria. O nosso desejo é que as dicas que reunimos neste artigo sejam úteis, para que você possa aplicá-las no seu dia a dia e ter mais resultados positivos no seu negócio, inclusive evitando a perda de dinheiro.

    Contar com um bom parceiro para fazer a compra dos produtos para o seu estoque também é importante. Saiba mais sobre isso em nosso artigo que explica como escolher um bom distribuidor de alimentos e conheça o trabalho da MegaG!

    TAGS RELACIONADAS: , , , , , , , ,

    Curtir no Facebook