Para você aprender e se manter informado
  • NOTÍCIAS

  • DICAS

  • RECEITAS

  • PARCERIAS

  • DESTAQUES

  • Blog MegaNews, Mega Dicas

    Restaurante delivery: como implementar esse modelo?

    segunda-feira, 27.07.20

    O modelo de restaurante delivery já existe há muitos anos. No entanto, ele ficou ainda mais popular em 2020. Afinal, em várias cidades, os restaurantes não podem abrir as suas portas para o público por conta da pandemia de Covid-19.

    Independentemente da pandemia, o delivery agrada muitos clientes. Por isso, oferecer essa opção vale a pena para o seu negócio. E, com dedicação e criatividade, é possível fazer o seu sistema de entregas se destacar dos demais.

    No nosso artigo de hoje, confira quais são as maiores vantagens desse modelo para restaurantes e, em seguida, como preparar o seu negócio para as entregas!

    Quais são as vantagens de ter um restaurante delivery?

    Nesse momento, muitas empresas veem as entregas como única opção. Porém, o restaurante delivery pode trazer grandes vantagens, mesmo quando não estamos em uma pandemia. Veja abaixo como o seu negócio pode se beneficiar desse modelo.

    Conveniência para o cliente

    Atualmente, mais clientes procuram por opções de restaurante delivery. Mas, no geral, essa alternativa já agradava muitas pessoas.

    Vários consumidores preferem comer o que quiserem no conforto de suas casas, com tranquilidade, sem precisarem de grandes preparos.

    Além disso, temos os clientes do meio corporativo, que estão sempre ocupados e fazem pedidos em bons restaurantes para evitar filas em buffets.

    Ou seja, a conveniência da entrega pode atrair mais consumidores para o seu restaurante.

    Entretanto, clientes que já vão ao seu restaurante também podem se interessar. Afinal, tem dias em que não queremos sair de casa ou não podemos deixar o trabalho. Nesse caso, você não perde um consumidor que já é fiel para a concorrência.

    Expansão simples do negócio

    Quem tem uma empresa no ramo de alimentação e deseja crescer pode se beneficiar bastante das entregas. Abrir outra loja ou aumentar a capacidade da que você já tem exige muito investimento. Já o restaurante delivery é uma opção em conta para atender mais clientes e, assim, expandir os seus negócios.

    E quem quer abrir um ponto físico, mas ainda não tem o capital necessário, pode começar com um restaurante delivery. O investimento inicial é menor e os lucros vão ajudá-lo a crescer. Além disso, quando você tiver o local, já terá uma clientela formada.

    Avaliação e recomendações

    Se o seu restaurante delivery utilizar algum aplicativo de entrega, como o iFood, o Uber Eats ou o Rappi, ele pode ser avaliado pelos clientes. E quando a avaliação é positiva, todos os usuários podem ver a qualidade do seu negócio. Isso atrai novos consumidores e mantém a sua reputação lá em cima.

    Restaurante delivery

    Como criar um sistema de entregas no seu restaurante?

    Quer abrir um restaurante delivery ou oferecer essa opção para os seus clientes? Então, acompanhe as nossas dicas para fazer isso acontecer.

    Calcule o investimento

    Não existe um valor fixo para começar a fazer entregas. Um restaurante físico, por exemplo, precisa de investimentos diferentes de outro que começa pelo delivery.

    Do mesmo modo, um restaurante em uma cidade grande tem valores diferentes de outro em um município pequeno.

    De qualquer forma, é preciso colocar tudo na ponta do lápis para saber o que será necessário. Anote alguns pontos a serem levados em conta:

    • pessoal;
    • recursos como água, gás e energia elétrica;
    • equipamentos de cozinha;
    • utensílios;
    • materiais de limpeza;
    • ingredientes para os pratos;
    • embalagens.

    Avalie o que o seu restaurante vai precisar e o que é necessário para fazer esse investimento. Com um bom planejamento, você não terá grandes surpresas no caminho.

    Planeje o processo

    Assim como o investimento pode variar dependendo do seu restaurante, o planejamento também muda. Algumas questões devem ser resolvidas antes do contato com o cliente. Caso contrário, você pode se encontrar despreparado no momento do primeiro pedido.

    Por exemplo, vai haver produção antecipada? Ou todos os alimentos serão preparados quando houver demanda? Se for apenas na hora do pedido, como ele será montado?

    Certos pratos podem ser preparados com antecedência. E, se esse é o caso, quantos serão feitos? Lugares que vendem alimentos que demoram mais para ficarem prontos precisam desse planejamento.

    Como os pedidos serão feitos? Os aplicativos de delivery são uma opção popular, mas não a única. Você pode atender pelo WhatsApp e pelas redes sociais, por exemplo. Alguns sites têm sistemas de pedidos internos. E, é claro, é possível atender por ligação telefônica.

    É importante também definir um horário limite para os pedidos.

    E como será feita a entrega? Utilizando aplicativos de delivery, como iFood, Uber Eats ou Rappi, não é necessário contratar um motoboy. Porém, os apps cobram uma taxa dos usuários. Por isso, é preciso pesar a diferença que isso faz para a sua empresa.

    Também é possível contratar motoboys. De preferência, mais de um, para que as entregas sejam rápidas e organizadas.

    Por fim, é preciso definir o que estará incluído na entrega. Alguns itens que podem acompanhar os pratos são:

    • molhos e condimentos (catchup, maionese, mostarda, shoyu etc);
    • sal;
    • talheres;
    • guardanapos;
    • palitos de dente.

    Nesse quesito, é importante ter em mente a quantidade de descartáveis oferecidos. Afinal, embalagens e talheres plásticos agridem o meio ambiente, e seu uso é uma grande preocupação social atualmente.

    Se possível, consulte seus clientes sobre a real necessidade de envio desses itens no momento do pedido ou procure alternativas sustentáveis para eles.

    Cuide das questões de higiene e segurança

    Segurança alimentar é um assunto sério sempre, mas é ainda mais importante nos dias de hoje. Tome todas as medidas necessárias para que o seu processo seja higiênico. Desde a preparação dos alimentos até a entrega, tudo deve estar de acordo com as normas sanitárias.

    Isso pode significar muitas coisas. Por exemplo, quem manuseia a comida deve sempre usar luvas. Quem faz a entrega, no momento, precisa usar máscara. Disponibilize água, sabão e álcool gel 70% para a higienização das mãos. Mantenha a cozinha bem organizada para evitar problemas.

    Crie um cardápio

    Mesmo quem já tem um restaurante físico precisa criar um cardápio para delivery. Afinal, nem todos os pratos podem ser transportados sem perder textura, sabor ou temperatura. É claro, você sempre pode encontrar maneiras de driblar esses problemas. Mas certifique-se de que o cliente receberá o melhor.

    Por falar em receber, procure não ter o cardápio apenas em fotos. Muitas pessoas se incomodam em receber, todos os dias, as mesmas imagens. É melhor ter o menu hospedado em um link, que sempre possa ser acessado.

    Uma dica interessante é analisar o cardápio da concorrência. Se você tem um restaurante italiano, confira quais são os negócios semelhantes da região e o que eles oferecem. Avalie, também, o que os clientes dizem sobre eles. Como você pode inovar e oferecer uma opção mais atraente?

    Não pense, no entanto, que o cardápio deve ser fixo ou igual. Ele pode mudar e levar novidades ao cliente. Fazer isso com certa frequência mantém o consumidor sempre interessado.

    Quando definir o cardápio, escolha as embalagens adequadas para o tipo de alimento. Afinal, quem oferece pratos feitos precisa de itens diferentes de quem vende hambúrgueres. Escolha de acordo com a organização e manutenção de temperatura necessárias.

    Divulgue o seu restaurante delivery

    A divulgação do restaurante delivery pode ser feita de muitas formas. Os tradicionais panfletos ainda são utilizados e podem ajudá-lo a atingir o público da sua região. Mas, atualmente, as redes sociais são a forma mais barata e simples para fazer isso.

    Crie uma página no Facebook e um perfil no Instagram para o seu restaurante delivery. Poste com frequência, para mostrar as opções do menu e o processo de entrega. E não se esqueça de sempre compartilhar o que os seus clientes postam sobre o seu negócio. Afinal, a recomendação espontânea é a melhor propaganda.

    Falando nisso, é importante investir na divulgação boca a boca. Para fazer isso, crie uma experiência agradável no seu atendimento. É preciso se destacar entre os concorrentes nos detalhes. Por exemplo, oferecendo brindes com as entregas ou fazendo pesquisas de satisfação que garantam um desconto na próxima compra.

    Hoje em dia, alguns restaurantes oferecem cartões com acúmulo de pontos no momento da entrega. Com eles, os clientes ganham brindes ou descontos depois de um número determinado de compras. Isso conquista e fideliza a clientela.

    Oferecer um serviço de entrega em seu restaurante pode ser trabalhoso, mas vale muito a pena. Com ou sem distanciamento social, os seus clientes vão poder aproveitar os seus pratos de maneira mais confortável. Além disso, os seus negócios vão expandir sem que seja necessário um grande investimento.

    Quer receber mais dicas para ter um restaurante de sucesso? Então, acompanhe as nossas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn.

    TAGS RELACIONADAS: , , , ,

    Curtir no Facebook